quarta-feira, abril 04, 2007

De onde?

Hoje apetece-me trincar a vida da mesma maneira que o faço a certas laranjas gordas. Antes de enterrar os dentes, uma breve inspiração para que o perfume exista antes de tudo, o tacto redondo e a percepção dos gomos que parecem prestes a rasgar o embrulho fibroso que os veste. Por fim a carne e o sumo e a fome, talvez com um floreado leve, muito leve, de luxúria.

É assim que sinto a vida, carregada de promessas.

Ah, é breve, eu sei, mas hoje "é".

De onde, isto tudo?

Duas hipótese:
-Desiquilíbrio químico.
-Lucidez.

2 Comentários:

  • Duas sensações:
    - pena não ter laranjas gordas e sumarentas à mão;
    - leituras breves, como esta, pôe um sorriso na alma.

    Por Blogger Inês, Às 9:11 da manhã  

  • Por que não há outra forma de saborear a vida meu amigo :) Beijo enorme

    Por Blogger Lau, Às 1:18 da tarde  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]



<< Página inicial